Algum lugar, lugar algum é uma série composta de  pinturas a óleo sobre tela de formatos distintos feitas entre 2019 e 2020. A série toda produz uma sensação de suspensão, desestabilizando o espaço representativo numa alusão à desestabilização da esfera política brasileira do últimos anos. A paisagem se revela em meio a destroços, revolta,  espécie de terra devastada ainda incapaz de mostrar uma unidade e ser lida de modo que faça sentido. A princípio desencadeada pelo desastre ambiental em Brumadinho (MG/Brasil), a série extrapola a referência geográfica, constituindo-se muito mais como metáfora do desmonte que as instituições brasileiras vêm sofrendo e a desesperança que, nesse momento, assola o País.

Algum Lugar, Lugar Algum
Algum Lugar, Lugar Algum

SEM TÍTULO óleo sobre tela 120 x 160 cm

press to zoom
Algum Lugar, Lugar Algum
Algum Lugar, Lugar Algum

SEM TÍTULO óleo sobre tela 40 x 50 cm

press to zoom
Algum Lugar, Lugar Algum
Algum Lugar, Lugar Algum

SEM TÍTULO óleo sobre tela 120 x 160 cm

press to zoom
Algum Lugar, Lugar Algum
Algum Lugar, Lugar Algum

SEM TÍTULO óleo sobre tela 120 x 160 cm

press to zoom
1/11